História do instintivo e apaixonante Sam Ock

Sam Ock
Imagem: Divulgação

Sam Ock é um músico instintivo, letrista inspirado e verdadeiramente apaixonante. Ele combina perfeitamente pensamento com som e a sua música é como uma extensão natural. 

Sam não consegue lembrar um único momento em que a música não fez parte de sua vida. “A música era como um membro da família. Eu tinha cresci com ela, intimamente, e às vezes eu não queria ter nada a ver com isso”, ele brinca, lembrando o início de sua carreira musical. “Mas eu tinha que fazer isso” Sam recorda uma infância onde tinha que lidar com a carreira de sua mãe na ópera. “Meus pais estavam sempre tocando música clássica em casa; nós nunca ouvíamos nada pop. Lembro-me de ter apenas um vídeo de um show de kpop, e eu fiquei tocando de novo e de novo, e de novo”.

A carreira musical de Sam Ock começou depois de um teste acidentalmente bem sucedido para o High School Musical. Com melodia, harmonia e ritmo entrelaçados em seus genes, seu inesperado papel no musical foi o momento decisivo que desencadeou um dilúvio persistente e implacável de atividade musical na escola. Ele teve duas bandas de jazz, clarinetista na banda de sopro, fanfarra, dois grupos acapella, e dois grupos de coral. Além de estar envolvimento em outros musicais, o que incluía atuar e dançar.

Sam perseguiu sua paixão na Universidade de Maryland – Baltimore County (UMBC), onde obteve seu bacharelado em Tecnologia da música. “Comecei a priorizar autenticidade e excelência”, ele descreve o seu crescimento como artista. Para Sam, a excelência é a derivada da paixão enraizada e amor, “Quando você ama algo, seja um ofício ou uma pessoa, deseja de conhecê-lo e compreendê-lo em seu nível mais profundo”.

É exatamente esta profunda consistência que inspira e move as pessoas em todo o mundo, como seu primeiro album que atingiu #1 nas paradas de Hip Hop do iTunes Japão e último lançamento atingiu #2 nas paradas de Hip Hop do iTunes Japão. Sam já percorreu todo Japão e Coreia do Sul, se apresentando em palcos como Grand Mint Festival (Main Stage), um dos maiores festivais na Coreia. Seu primeiro show solo foi em Hongdae (Coreia), e depois foi convidado para grandes programas de TV, rádio e internet na Yu Hee-Yeol’s Sketchbook, 1theK, SBS Radio, e KBS Radio. Suas músicas já foram destaque em programas, comerciais e citadas por diversos artistas coreanos.

Ele ganhou Grand Prize for Music & Art’s 2010 Teen Garage Band Contest e Grand Prize for JCPenney & ISA’s 2010 Breakout Performer Contest. Ele já gravou com Dumbfoundead (Different Galaxies) e Clara C (Little Light). É também integrante do trio de hip hop AMP Movement.

Sam deseja marcar o mundo, com letras que expressam abertamente a vulnerabilidades de sua alma e uma estética musical que acolhe calorosamente os ouvintes de uma realidade sóbrio. Experimentando e criando apaixonadamente para dar glória ao seu Criador, e amor às pessoas deste mundo.

Seu mais recente lançamento, GREY, explora o espaço onde a escuridão conhece a verdade. Onde o pior pensamento entra em contato com o brilho de esperança. Explorando estas duas forças conflitantes, Sam traz conforto para as almas que lutam contra elas mesmas, dizendo para permanecer firme, pois existe uma esperança maior.

Assista o vídeo oficial de “Make Me Smile”, música de seu novo trabalho:

Acompanhe-o nas redes sociais:
SITE // FACEBOOK // INSTAGRAM // TWITTER

Anúncios

Um comentário sobre “História do instintivo e apaixonante Sam Ock

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s